Tornar-se empreendedora na área da Organização Profissional vem sendo o sonho de muitas mulheres no Brasil e no mundo. Usar nossos talentos, fazendo o que amamos é maravilhoso! Sem contar com o fato de que trabalhar por conta própria, fazer seu próprio horário e controlar seu estilo de trabalho chama a atenção e desperta a vontade de empreender.

No entanto, para conseguir desenvolver um negócio por completo e que renda bons resultados, é preciso ter atenção com alguns pontos básicos, mas extremamente necessários.

Pensando nisso, quero compartilhar com vocês as etapas para que seu negócio na Organização Profissional saia do papel.

A partir de hoje vou liberar este e mais cinco artigos contendo todos os passos fundamentais para fazer acontecer.

Hoje, vamos começar falando sobre a pesquisa de mercado! Vamos lá?

Começar um negócio do zero não é nada fácil, e com a Organização Profissional não seria diferente. Entenda sobre o processo de abertura do seu!

Iniciando Sua Pesquisa de Mercado

A pesquisa de mercado deve ser o primeiro passo pois é através dela que você vai entender melhor o panorama local onde você pretende atuar como Personal Organizer. Além disso, você poderá ter uma noção de quem serão seus possíveis clientes e concorrentes.

Eu tenho um checklist básico para o momento da pesquisa de mercado. Confira ponto a ponto com alguns comentários.

Pesquise o mercado geográfico em que você quer atuar

Eu nunca me deixo influenciar por “crises”, “mudanças”, “o resultado dos outros” quando quero iniciar uma nova atividade, mas se você vive em uma região rural ou uma cidade muito pequena, talvez seja relevante considerar o que a atividade comercial e de serviços, para que você busque alternativas online se for o caso.

Identifique os organizadores profissionais já estabelecidos na sua área

Já existem outros organizadores profissionais em sua área? Quantos? Você vê a atividade deles online, como no IG por exemplo? Que tipo de serviço ou nicho eles atendem?

Liste modelos de negócio

Identifique os modelos de negócio existentes no mercado. Por exemplo, trabalhando com clientes sozinha, com assistentes ou com múltiplas equipes em projetos concomitantes.

Oferecendo conteúdo sobre organização em blogs, vídeos ou podcast; escrevendo livros, palestrando ou dando cursos. Todas estas areas oferecem oportunidade de aprendizado para o cliente.

Liste seus serviços e preços (se disponível)

Uma vez você tenha levantado os modelos de negócio, você poderá começar a pensar nos serviços e mais a frente, nos preços a serem cobrados.
Se você já trabalha, quais serviços você já oferece ou pretende oferecer? Já tem alguma noção de preço?

Pense na experiência do cliente

Seja qual for o modelo de negócio que você escolher, considere todas as etapas do seu trabalho junto ao cliente: primeiro contato, consulta de levantamento, atendimento e organização e fidelização.

Liste sua presença online

Como será sua presença online? Você já possui algum canal? Em quais outros vai atuar? Facebook, Instagram, website, Whatssap…

Identifique blogues de organização

Faça uma busca e crie uma lista de Blogs de organização que possam servir como fonte de atualização das novidades no mundo da Organização Profissional.

Leia livros e blogues de organização

Mantenha-se muito informada sobre este universo, especialmente sobre as questões mais burocráticas como a abertura do negócio em si, código de ética, entre outros.

Leia os comentários e as perguntas feitas pelos leitores nos blogs de organização

Essa é uma dica super importante pois para melhor atendermos nosso cliente, precisamos entender o que ele pensa, sente e precisa.

Lendo os comentários em blogues de organização irá te ajudar a entender o seu cliente e os problemas reais deles em relação à organização.

Identifique um mentor ou consultor de negócios

Isso pode ser a grande virada para seu negócio, especialmente no momento de abertura. Se conhecer alguém da área que esteja perto de você, melhor ainda.

Procure por esta pessoa e pergunte se ele/ela estaria aberto a uma consultoria ou mentoria com encontros mensais de 1 hora, por exemplo.

Considere um nicho de mercado de acordo com a sua formação e experiência profissional prévia

Essa dica final também é muito valiosa, afinal quando você atua em um nicho pode ser muito mais fácil se destacar da concorrência. Você possui experiência em algum? Qual?

A importância desta etapa

Parece bobeira fazer este tipo de pesquisa e colocar todas estas informações no papel. Mas ao começar a se perguntar e pensar sobre essas questões irá te ajudar a formar um caminho sólido para as futuras decisões do seu negócio.

Com essas respostas, você saberá qual caminho seguir e como otimizar recursos. Mas vale lembrar que ter estas respostas em mão, isoladamente, não significa nada. Você deve seguir os próximos 5 passos que tenho para compartilhar com vocês.

Por isso, fique de olho aqui no Blog e confira o próximo post da série. E se tiver alguma dúvida sobre o assunto de hoje, compartilhe comigo pelos comentários. Até a próxima!

 

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.