Essa semana vamos organizar o guarda roupas do casal. Respire fundo. Durante esse processo, vamos ter que chegar a um acordo com algumas coisas que talvez sejam desafiadoras para você. Mas confie em mim, você vai ficar muito feliz quando acabar. 

Agora é hora de ser totalmente honesta consigo mesma e lembrar que a organização é a criação e instalação de soluções para a vida que queremos ter, que queremos viver.

Assim, neste ponto do processo, ao invés de focarmos nos itens a serem organizados, eu te convido a pensar: Qual a visão que você tem para a sua vida? Como você quer se ver no mundo? É para essa vida, para essa mulher que estamos organizando o guarda-roupas.

A Forma Mais Fácil de Organizar Um Closet | A Personal Organizer

Organizando o Guarda Roupas Para a Mulher Que Você Quer Ser

E com essa visão sempre em mente, quero te lembrar de outro ponto muito comum em armários que já organizei: você NÃO precisa ter três tamanhos de roupas. Pode parecer uma boa ideia guardar todas essas roupas “caso você volte ao seu corpo de antes”, mas elas só estão bloqueando a visão da pessoa que você quer ser.

Também acredito que elas ficam te prendendo ao passado, é difícil visualizar e viver da forma que você quer ser quando essas “lembranças” estão penduradas no seu closet como um eterno lembrete daquilo que você não quer mais.

Precisamos limpar tudo isso. Liberar essa energia do seu closet e da sua vida. Combinado?

A próxima coisa a ter em mente é se livrar sem dó de tudo que estiver rasgado, manchado, que não cabe mais ou que está fora de moda. 

Especialmente para os itens que ainda estão em bom estado: se você usou quando estava no Ensino Médio, doe. Se você ainda tem roupas para gravidez e seus filhos já vão para a faculdade, você sabe o que fazer: DOE!

OK, agora que abrangemos algumas regras de ouro para o desafio dessa semana, vamos ver passo a passo o processo para organizar seu closet?

Passo-a-Passo Para Organizar o Guarda Roupas

Como Organizar o Guarda Roupas do Casal

  1. Organizando Para Organizar

    Como sempre vamos nos organizar para organizar! Confira as dicas de como se preparar para o Desafio e a lista de materiais que compartilhei contigo aqui neste post.

    Traga tudo o que você irá precisar para o seu projeto de organização.

    Separe cestas ou caixas e identifique com os cartões que você baixou quando se inscreveu para o desafio para que possamos fazer a triagem de forma correta. São eles: MANTER, MOVER, DOAR e LIXO.

    No caso da organização de closets, eu também crio uma bolsa para colocar as peças que precisam de reparo. Ao final da triagem, coloque essa bolsa no seu carro, garantindo que ela não ficará esquecida em um canto do seu lindo quarto.

    A caixa “MANTER” é para os itens que vão continuar nesse cômodo, e a caixa “MOVER” é para aquelas coisas que precisam ser guardadas em outro lugar da casa, mas que como eu te ensinei, não faremos até terminarmos a organização deste espaço.

    Crie uma área de trabalho, liberando uma area do quarto, como a cama, por exemplo. Seja o chão ou a cama, cubra com um lençol ou uma colcha.

    Eu também gosto de deixar o aspirador por perto quando estou organizando qualquer local. É perfeito para limpar bem todos os cantinhos e as áreas mais escondidas e difíceis de alcançar. 

  2. Reúna Suas Ferramentas

    Baixe o checklist de organização desta semana
    – Sacos de lixo,
    – Etiquetas,
     – Marcadores e caneta,
     – Uma pasta para seu checklist,
    – Um bloco de anotações para escrever o que precisa ser comprado ou ser feito,
    – Escada doméstica,
    – Faca multiuso,
    – Notas adesivas (do tipo post-it).

  3. Uma Observação Importante:

    Guarda-roupas tem MUITA coisa dentro e coisas que você tem um apego especial. Diferente de organizar uma despensa, organizar roupas e sapatos, especialmente para mulheres, tem um peso maior.

    Assim, há duas formas de você abordar esse projeto e tudo vai depender de 1. quanto tempo você dispõe, 2. seu nível de energia e 3. seu nível de apego às suas coisas.

    De acordo com a minha experiência, eu recomendo que você trabalhe com a opção B abaixo!

    Opção A: Se você tem um dia inteiro e sabe que tem energia pra isso, remova TUDO do armário, de forma organizada e crie pilhas na sua cama.

    Opção B: Se você tem algumas horas, vamos então trabalhar por categorias.

    Há uma terceira possibilidade: você tem todo tempo do mundo e energia, mas não tem paciência para ficar o dia inteiro dedicada a isso. Se esse é o seu caso, remova uma categoria de cada vez e veja até onde você quer ir, OK?

    O que eu não quero é que você termine o dia exausta e com o seu quarto todo bagunçado e cheio de pilhas espalhadas, sem ter como dormir bem ou sequer se movimentar direito no ambiente, OK?

  4. O Que É Um Guarda-Roupa Organizado?

    Além da visão que você tem para o seu armário, eu gosto sempre de fazer essa pergunta para minhas clientes: para você, o que é um guarda-roupas organizado?

    Tem pessoas que querem u0022veru0022 tudo o que tem, outras que querem se vestir rapidamente, outras que querem ter facilidade de se vestir com looks bonitos que as façam se sentir sempre u0022bem-vestidasu0022.

    Eu acredito que a forma mais fácil de ter um closet organizado é entendendo quem eu sou, meus valores pessoais e a vida que estou construindo a cada dia.

    Para mim é chic ter pouco, é inteligente comprar peças que combinem entre si, é responsável comprar peças de qualidade e de design clássico que irão durar anos.

    Pergunte-se:
    1. como quero me sentir e que imagem quero passar?
    2. conheço bem o meu estilo de vida?
    3. sei o que fica bem em mim: cores, formatos/cortes das roupas, tecidos que caem bem e são confortáveis?
    4. tenho uma paleta de cores que fique bem em mim e que combine entre si? Isso me possibilita criar múltiplos looks com as mesma peças.

    Entendendo isso, ficará muito mais simples para você organizar tudo o que você possui dentro do seu closet. Prometo!

    Como Organizar o Guarda Roupas do Casa | A Personal Organizer

  5. Fazendo a Triagem

    Trabalhando por categorias, olhe e avalie CADA PEÇA do seu guarda-roupas, uma a uma.

    Sem fazer este trabalho de avaliar cada item do seu guarda-roupas, você não terá um armário organizado no final.

    Quer você esteja fazendo isso para o seu closet ou você seja uma personal organizer e está trabalhando para o seu cliente, sem fazer uma triagem bem feita, você terá um projeto de organização que pode até ter um visual lindo, mas que não se sustenta no longo prazo. Então, seja paciente e dedicada e faça o seu dever de casa. 😀

    Descobri que perguntar para minhas clientes se elas se sentem confiantes, ou se elas ficam bonitas quando usam algo as ajuda a decidir se devem manter algo ou não.

    Se você tem uma peça de roupa que você tira assim que você põe porque não fica bem ou não combina, aceite que nunca vai ficar, aproveite e doe.

    Algumas perguntas úteis para te ajudar a decidir o que fica e o que vai:
    1. Como eu quero me sentir quando me visto?
    2. Eu me sinto assim ao vestir essa roupa/item?
    3. Há quanto tempo não uso? Essa pergunta não é uma regra perfeita, pois temos roupas que quase não usamos, mas são coringas para festas, viagens, algo assim. Mas, fique de olho nessa u0022categoriau0022 para ela não entupir seu guarda-roupas.
    4. Tenho itens muito parecidos? Por exemplo, se tenho 20 camisas brancas? Dá para reduzir para 10?
    5. Eu gastaria dinheiro para comprar isso novamente?

    Usando essas perguntas como guia, avalie CADA PEÇA do seu guarda-roupa.

    Coloque para descarte tudo que estiver rasgado, esfiapado, muito desbotado e para doação tudo o que estiver pequeno e em bom estado.

    Nós chamamos de bom estado aquilo que não vá ferir a dignidade de quem venha a receber aquela doação.

    Não doe roupas descoloridas, rasgadas ou poídas, por exemplo.

  6. Hora de Criar Famílias

    Uma vez você tenha feito uma triagem bem feita, crie grupos das roupas por categorias. São categorias comuns em um guarda-roupa:

    Camisetas:
    – Regata
    – Manga curta
    – Manga longa

    Shorts e Bermudas:
    – Esportivo
    – Esporte fino

    Blusas / Camisas:
    – Casual
    – Esporte fino
    – Social
    – Festas/Black Tie

    Vestidos e Túnicas:
    – Casual
    – Trabalho
    – Esporte fino
    – Social
    – Festas/Black Tie

    Saias:
    – Casual
    – Esporte fino
    – Social
    – Festa/Black Tie

    Calças:
    – Denim / jeans
    – Esporte fino
    – Social
    – Festa/Black Tie

    Ternos/Blazers/Jaquetas
    – Casual
    – Esporte fino
    – Trabalho
    – Social
    – Festa/Black Tie

    Roupa Íntima:
    – Calcinha ou cuecas
    – Sutiãs
    – Camisetinhas
    – Spanx
    – Meias
    – Meia-calças

    Roupa de Dormir
    – Pijamas
    – Camisolas
    – Roupões

    Roupa de banho/praia:
    – Biquínis
    – Maiôs
    – Saídas
    – Cangas
    – Sungas / shortes

    Atividade Física:
    – Uniforme para esportes
    – Roupa fit

    Roupas para atividades específicas, itens usados apenas em viagens e ocasionalmente: por exemplo, para esquiar ou mergulhar.

    Como Organizar o Guarda Roupas do Casa | A Personal Organizer

  7. Dando Um Endereço Para Cada Família

    A melhor forma de definir onde cada categoria irá morar é se conhecer. Algumas sugestões do que observar:

    Como Você Se Veste?
    Por exemplo, tem gente que pega a roupa de baixo/pijama limpa e leva para o banheiro, enquanto outras pessoas, saem do banheiro, vão até o guarda-roupas e pegam a roupa limpa a ser usada.

    Outro exemplo: o que você escolhe primeiro? a parte de cima (blusa) ou de baixo (saia/calça)? Ou quem sabe você ama sapatos ou bijoux e começa seus looks por ali? O importante é que aqui, quem manda é você.

    Hábitos Antigos São Difíceis de Serem Mudados:
    Se você já usa o seu armário há anos, você já tem hábitos formados e o usa de uma determinada maneira, assim meu conselho é que você evite mudanças radicais – isso vai evitar que você abra a porta ou gaveta errada todo dia de manhã! 😀

    Onde Colocar?
    A forma mais simples de organizar seu closet é pensando na frequência de uso e na acessibilidade.
    Se você usa algo diariamente – como sua roupa íntima – coloque nas gavetas ou prateleiras mais próximas e mais fáceis de acessar.
    Se você usa algo ocasionalmente (vestidos de festas), você pode colocá-los na parte do varão de acesso mais difícil.

    Posicione as categorias mais importantes para você, nas gavetas/prateleiras centrais do seu closet. São aquelas na altura das suas mãos ou olhos.

    Deixe as partes mais altas para roupas que quase não são usadas, para puloveres, casacos volumosos, bem como bolsas maiores. Deixe as prateleiras na área central do guarda-roupas para aquelas peças mais usadas e as de baixo para calçados.

    Gaveta, Prateleira ou Varão?
    Claro que cada armário e closet é unico, mas de forma geral, seguimos estas linhas:

    Guarde nas gavetas as meias, roupas de baixo, de praia/piscina, fit e de dormir.

    Caso tenha poucas gavetas, utilize divisores de gavetas para criar compartimentos para cada categoria. No Brasil, se você gosta do visual, você pode usar as colméias, que são muito prática.

    Nos varões, pendure na parte de cima, blusas, camisetas finas, jaquetas, blazers etc., e na parte de baixo, calças, saias e se houver espaço, as bermudas.

    Os vestidos vão na área do closet que tem maior altura entre o varão e a base do armário/chão do closet.

    Se você tiver espaço, reserve uma área do guarda-roupas só para roupas de festas.
    Muitas das minhas clientes também gostam da proposta de uma área só para roupas de trabalho.

    Isso facilita a vida delas e vestir-se pela manhá é muito mais prático.

    Preste Atenção Na Estação
    Se você tem uma restrição de espaço, mantenha no closet apenas roupas da estação para ser mais fácil visualizar o que você tem para usar.

    Retire todas as roupas e acessórios que não forem da estação, certifique-se que estejam limpas e guarde no maleiro, usando caixas ou sacolas de TNT.

    Como Organizar o Guarda Roupas do Casa | A Personal Organizer

  8. Dobras, Dobras e Mais Dobras

    Verdade seja dita, o profissional de organização no Brasil tem uma obsessão com técnicas de dobras que não existe no resto do mundo ocidental.

    Se por um lado isso deu um visual mais polido aos projetos de organização das brasileiras, também criou a percepção equivocada de que essas dobras u0022perfeitasu0022 são parte do processo de organização, quando não são.

    Você pode ter um guarda-roupas sem ter nada dobrado, ter tudo apenas colocado/jogado dentro de gavetas ou caixas e isso claro, não vai ter uma estética agradável, mas se o usuário deste armário sabe onde estão todas as suas camisetas, shortes, cuecas, etc., então este armário está organizado.

    Dobrar a sua roupa permite que você utilize melhor o espaço disponível, podendo guardar mais itens neste espaço de forma ordenada e organizada. Mas, como dobrar? Dobre da forma mais simples possível pois o que é simples é mantido.

    Assim, se você não tem tempo, dom ou gosto por dobrar tudo u0022perfeitinhou0022, não se estresse com essa etapa. O importante é criarmos um sistema que você consiga manter no seu dia-a-dia.

    Aproveitando espaços – para aproveitar melhor o espaço, meça a largura e a profundidade da sua gaveta ou prateleira. Se você tem uma gaveta de 60 cm de largura, quantas pilhas (ou colmeias) de 20-25 cm de largura você pode colocar ali?

    Dicas de Como Organizar o Armário de Roupas| A Personal Organizer

  9. Um Passo à Frente

    Caso você queira ir mais adiante, aqui estão duas sugestões de como u0022organizaru0022 cada uma das suas u0022famíliasu0022 no seu guarda-roupas:

    1 – Por Tipo de Material – agrupe os itens similares por tipo de material: isso fica bem claro no caso de suéteres (finos e leves x material mais pesado) ou das jaquetas e casacos (couro, camurça, sintéticos, leves/verão).

    2 – Arco-íris – Dentro de cada grupo de itens você pode criar subgrupos e categorizá-los por cores. Por exemplo, nas blusas de manga comprida, você pode organizá-las de acordo com as cores do arco-íris: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta. Eu sempre coloco o preto, cinza e branco no final da sequência.

  10. Atenção! Não Crie Mais Trabalho

    Uma frase minha que sempre uso com meus clientes é: você deve manter apenas aquilo que couber de forma organizada e fácil de usar.

    Pilhas e mais pilhas de roupa, roupas em bolsas à vácuo para serem usadas “um dia”, coisas guardadas em outros quartos ou embaixo de camas, tudo isso dificulta a sua vida.

    Imagine só querer se vestir e ter que pegar a escada na área de serviços para alcançar um dos muitos sacos à vácuo no alto do guarda-roupas?

    A vida assim não é simples, é complicada!

    Avalie quanto espaço você tem. Uma boa regra quando estiver organizando closets é: você mantém tudo que você ama, contanto que caiba. 

Assista o Vídeo!

Conclusão

Agora você vai conseguir ver tudo o que tem dentro do armário e se vestir pela manhã vai ser um prazer, pois você tem apenas os seus itens favoritos para escolher.

Escolher suas roupas para sair não vai mais ser uma fonte de estresse, já que agora você tem um guarda-roupas organizado com as roupas que você mais gosta.

Produtos organizadores que eu uso e recomendo!

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.