O Que Você Pode Fazer Para Contribuir e Se Preparar

O coronavírus veio chegando aqui em casa aos poucos já que meu marido é médico e vem seguindo de perto o desenvolvimento da situação desde janeiro quando surgiu na China. 

Em função da pandemia, esta semana cancelamos nossa viagem de férias ao Brasil, a minha participação em diversos eventos e estamos revendo todas as nossas interações sociais e familiares. 

Sendo uma profissional de organização e treinada para organizar e orientar as pessoas a se organizarem para emergências, além de já ter passado por tufões, furacões, incêndios e terremotos ao redor do mundo, aprendi a sempre ter o mínimo necessário pronto para qualquer situação. 

Assim, se você vem acompanhando o desenrolar do coronavirus e quer se organizar, eu fiz um resumo daquilo que recomendamos e praticamos aqui em casa. 

Como se preparar: 

Tenha em casa um estoque para 7-10 dias de alimentos secos (massas, feijões, arroz e outros grãos), enlatados (legumes, frutas, molhos prontos) e pratos congelados que você e sua família gostem. 

O objetivo é que você não fique sem ter o que comer e servir à sua família caso o abastecimento fique comprometido ou caso você não possa ou não queira ir mercado fazer compras para evitar sua exposição. E sim, estoque o papel higiênico! 🤣

Lembre-se que se você tem funcionários domésticos, eles podem adoecer ou ter que ficar com seus próprios filhos etc. 

Tenha também em sua casa água para pelo menos 10 dias, assim como um estoque de medicamentos de prescrição médica e aqueles que possam servir caso você venha desenvolver os sintomas do Corona vírus. Esses medicamentos para os casos que não necessitam de hospitalização são aqueles que você usaria normalmente para aliviar os sintomas de uma gripe. 

Lembre-se que se as escolas fecharem, você passará algum tempo, talvez duas semanas ou mais, com as crianças em casa, então, mantenha um estoque daquelas coisas gostosas que você gosta de “beliscar” como chocolate, o seu cafezinho, os biscoitos das crianças etc. pois tudo fica mais fácil com um chá ou um café! 

Além disso mantenha o tanque do carro sempre abastecido e tenha em casa uma quantia de dinheiro que você considere razoável, em notas pequenas (5, 10, 20, 50).

Redobre seus cuidados na limpeza da casa mas especialmente em áreas como maçanetas, torneiras, beirada de portas, corrimãos, elevadores, portas de portarias, telefones, bancadas da cozinha e banheiros que devem ser desinfetados a cada uso. 

Reveja seus documentos, especialmente o plano de saúde e se certifique que está tudo pago e em dia. 

A única forma de reduzir o risco do contágio é a adoção do que os cientistas chamam de “distanciamento social”. Assim, reduza ao máximo a sua exposição deixando de participar de eventos, conferências, cursos, encontros, grupos, reuniões, refeições em restaurantes e qualquer atividade em grupo. Ao cumprimentar alguém não aperte a mão ou de beijinhos, vamos ter, por um tempo limitado, que mudar algumas normas sociais, mas é temporário. 

Questione sua empresa, creche e escola das crianças sobre o plano de contingência e o que eles já estão fazendo. 

Considere o cenário em que você ou seu esposo/parceiro tenha que trabalhar de casa. Você tem o espaço para isso? Quem irá cuidar das crianças? 

As pessoas mais vulneráveis são as mais idosas e as que tem condições médicas crônicas, então, seja vigilante nas visitas a idosos, encontros familiares etc. 

Se alguém adoecer, isole a pessoa e tudo o que ela usa, como copos, talheres, telefone etc e busque orientação médica. 

Baixe o Checklist de Suprimentos de Emergência

Checklist de suprimentos de emergência

Similar Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.