Muitas mulheres, ao iniciar sua carreira como Personal Organizer, acabam enfrentando um dilema comum: aplicar o método de organização sem a participação da cliente ou trabalhar lado-a-lado e ensiná-lo à suas clientes.

No Brasil, geralmente, as profissionais que, no dia a dia, acabam implementando todas as soluções de organização e colocando a mão na massa na hora de organizar a casa de uma cliente são as mais comuns. Ou seja: a cliente paga pela organização e, no final do dia, confere o resultado final.

No entanto, essa forma de organizar acontece apenas no Brasil e no exterior a situação é bem diferente: as personal organizers são contratadas para uma espécie de consultoria. Ao trabalharem com as clientes, elas ensinam as clientes a identificarem os problemas, o método de organização e, em conjunto, definem as mudanças dentro do lar ou espaço sendo organizado.

Você deve estar se perguntando: se no Brasil já existe um modelo que é comum, por que, então, fazer de outra forma? Será que ensinar o método não pode ser mais vantajoso para o dia a dia da profissional?

Descubra a resposta para a sua carreira como personal organizer no artigo de hoje.

Fazer ou ensinar o método: a decisão que pode mudar sua carreira como personal organizer.

Por que organizar com o cliente pode ser mais vantajoso?

Primeiro: este modelo valoriza seu trabalho

Estabelecer uma carreira como personal organizer não é tarefa fácil, concorda? Você investiu em seu treinamento e se aperfeiçoou para chegar onde está e para poder ajudar suas clientes com a organização de casa.

No entanto, pode ser que algumas delas entendam que você é aquela pessoa contratada para colocar ordem na bagunça (podendo as vezes ser confundida com uma espécie de diarista).

Não é bem por aí. Quando fica claro que você vai ensinar o método, ambas as partes pensam juntas sobre a melhor forma de transformar um ambiente bagunçado, e o melhor: com a garantia de que o método vai atender às necessidades específicas daquele lar.

Segundo: demonstra mais profissionalismo

Além da construção em conjunto da organização, explicando o método para a cliente você tem a oportunidade de demonstrar o quanto entende sobre organização e otimização de espaços.

É diferente de quando uma cliente lhe contrata para um trabalho, lhe recebe em casa e, em seguida, sai para resolver alguns assuntos pessoais.

Além disso, quanto mais ela perceber que você entende do assunto, mais confiará no seu trabalho, e isso servirá para que faça boas indicações no seu ciclo social – o que pode ajudar, e muito, na sua carreira como personal organizer.

Terceiro: ela vai precisar novamente de você

Não se engane: não é porque você ensinou a ela uma vez sobre como organizar a despensa da cozinha, por exemplo, que ela nunca mais vai precisar dos seus serviços. Quando se trata de manter a ordem, são poucas as pessoas que levam isso tão à risca, o resultado é um só: é preciso, periodicamente, fazer manutenções da organização.

Além do mais, depois de prestar o serviço, podem existir outros espaços da casa da cliente que precisem ser organizados, e ela, com certeza, vai lembrar de você.

Portanto, não tenha medo de ensinar pensando que suas clientes não precisarão mais dos seus serviços.

E então, está convencida de que trabalhar com a cliente, ensinar o método pode ser infinitamente melhor, mais prático e mais rentável para a sua carreira como personal organizer? Eu te garanto que, quando você começar a aplicar esta metodologia, logo sentirá a diferença!

Se você ainda ficou com alguma dúvida, assista a este vídeo, e, caso queira saber como começar esta transição na sua carreira como personal organizer, escreva pra mim pelos comentários, combinado? Até a próxima! 

Similar Posts

12 Comments

  1. Helena, amei o artigo e a reflexāo. Adoroooooo! Já pratiquei a forma e senti a diferenças. beijokas

  2. Valquiria Dafre says:

    Olá Helena tudo bem ? Do meu ponto de vista, se o objetivo é ajudar as pessoas a mudarem seus hábitos e se tornarem pessoas mais organizadas, o melhor método é a consultoria, ajudar o cliente a identificar suas necessidades e ele mesmo ajustar sua vida, sua rotina. Adoro suas matérias. Abraços.

  3. Pingback: Os principais erros que uma personal organizer pode cometer na carreira? | Helena Alkhas
  4. Pingback: Por que é preciso identificar as origens da desorganização? | Helena Alkhas
  5. Obrigada pelas dicas! Muito útil saber o seu ponto de vista. Concordo plenamente. Por outro lado implica mais dedicação e participação do cliente, o que a linha prazo tem melhores resultados.
    Parabéns pelo seu trabalho!

  6. Laiza Barbosa says:

    Obrigado Helena pelas dicas.Muito proveitosas.Vc poderia me tirar uma dúvida por gentileza?Sou muito organizada e iniciei cursos on lines gratuitos bem básicos,por causa das minhas condições financeiras.Comecei a organizar um apartamento lindo e super bagunçado de uma amiga minha sem cobrar nada,só pra não perder meu foco e pegando prática nas dobras…só que ela gostou tanto que está divulgando pras amigas dela,que estão me pedindo o valor pelo serviço.Mas não tenho nem noção de quanto cobrar,e sinto que tenho muito que aprender.Mas o pouco que aprendi,já consigo praticar algumas dobras e categorizar por semelhança.Helena,por favor,me oriente?obrigado.

  7. Como divulgar seu trabalho?

  8. Mara Fuganti says:

    Grata pelas dicas! Temos que facilitar a vida do nosso cliente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.